top of page

Tingui é selecionada pelo Fundo de Combate à Violência Contra a Mulher criado pela Magalu

Atualizado: 7 de out. de 2021

A Tingui foi uma das 20 instituições selecionadas pelo programa criado pela Magalu para apoiar entidades dedicadas à causa. O Fundo de Combate de Violência Contra a Mulher foi lançado por meio de um edital e recebeu 459 propostas de organizações localizadas em 200 municípios brasileiros.


A Tingui atua no combate à violência contra à mulher em duas frentes:


  • Através do projeto Mulheres do Jequitinhonha, buscamos promover o fortalecimento de mulheres de comunidades rurais a partir da valorização da cultura e dos saberes locais. Geração de renda e autonomia financeira são o objetivo final deste trabalho, mas o trabalho passa antes pelo fortalecimento da identidade local e dos vínculos, da auto-estima, do auto-cuidado etc.

Leia mais sobre o projeto Mulheres do Jequitinhonha.


  • Em paralelo, a AJENAI oferece às mulheres que se encontram mais fragilizadas a possibilidade de passarem por um acompanhamento terapêutico. O projeto Brota-Flor é um programa inovador que reúne 40 especialidades terapêuticas médicas e integrativas. Em um ambiente acolhedor e seguro, as mulheres conseguem tratar seus traumas, depressões e demais tristezas.

Leia mais sobre o projeto Brota Flor.



Os 150 mil reais recebidos pela Tingui pelo Fundo de Combate de Violência Contra a Mulher vai permitir a manutenção da associação e de parte dos nossos projetos entre Junho de 2021 e Julho de 2022.

Agradecemos a Magalu e à sua fundadora Luiza Helena Trajano pela parceria.

#MulheresdoJequitinhonha

37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page